sexta-feira, setembro 7

uou!
essa semana fui à aula todos os dias!
menos a aula de quinta à noite porque
teve um incêndio e tava tudo engarrafado,
então mesmo que eu fosse não ia dar tempo
de eu chegar... e não teve aula hoje também
(feriado, hooray!), mas e daí? hehe
bem, ontem fui na loud independência.
que grande merda que foi...
chegamos lá cedo porque o sr. gancz queria
ver lobão. daí 11 e pouco nós já estávamos lá.
a passagem de som começou depois ainda que
nós chegamos. e nisso a produção não deixa
ninguém entrar. bem, o show foi começar 1:40
ou algo assim e foi um saco... e no galpão a
música tava tão baixa que quase não dava para
escutar... depois que o show acabou começaram
a arrumar as coisas e nós ficamos sentados nas
cadeiras... claro que eu dormi, né? hehe acho que
gancz e charles dormiram também. ai, que patética
que foi essa loud...
anyways, thiago desgraciado voltou da viagem e
me trouxe um single do strokes. mas comprou o
cd para ele! o cd que eu tinha especificamente
pedido para ele trazer para mim. que merda!
bem, mas o single é maravilhoso e eu vou gravar
o cd do tito. pelo menos isso... fdp!

strokes é muito foda! hard to explain é maravilhosa!


quinta-feira, agosto 30

fitter happier

fitter, happier, more productive,
comfortable,
not drinking too much,
regular exercise at the gym
(3 days a week),
getting on better with your associate employee contemporaries,
at ease,
eating well
(no more microwave dinners and saturated fats),
a patient better driver,
a safer car
(baby smiling in back seat),
sleeping well
(no bad dreams),
no paranoia,
careful to all animals
(never washing spiders down the plughole),
keep in contact with old friends
(enjoy a drink now and then),
will frequently check credit at (moral) bank (hole in the wall),
favors for favors,
fond but not in love,
charity standing orders,
on sundays ring road supermarket
(no killing moths or putting boiling water on the ants),
car wash
(also on sundays),
no longer afraid of the dark or midday shadows,
nothing so ridiculously teenage and desperate,
nothing so childish - at a better pace,
slower and more calculated,
no chance of escape,
now self-employed,
concerned (but powerless),
an empowered and informed member of society
(pragmatism not idealism),
will not cry in public,
less chance of illness,
tires that grip in the wet
(shot of baby strapped in back seat),
a good memory,
still cries at a good film,
still kisses with saliva,
no longer empty and frantic like a cat tied to a stick,
that's driven into frozen winter shit
(the ability to laugh at weakness),
calm,
fitter,
healthier and more productive,
a pig in a cage on antibiotics.

quarta-feira, agosto 29

across the sea

you are eighteen year old girl
who live in small city of japan
you heard me on the radio
about one year ago
and you wanted to know
all about me, and my hobbies
my favorite food and my birthday
why are you so far away from me?
i need help and you're way across the sea
i could never touch you
i think it would be wrong
i've got your letter
you've got my song
they don't make stationary like this where i'm from
so fragile
so refined
so i sniff (so i sniff)
and i lick (and i lick)
your envelope and fall to little pieces every time
i wonder what clothes you wear to school
i wonder how you decorate your room
i wonder how you touch yourself
and curse myself for being across the sea
why are you so far away from me?
i need help and you're way across the sea
i could never touch you
i think it would be wrong
i've got your letter
you've got my song
at ten i shaved my head and tried to be a monk
i thought the older women would like me if i did
you see ma, i'm a good little boy (good little boy)
it's all your fault, momma
it's all your fault
goddam this business is really lame
i gotta live on an island to find the juice
so you send
me your love
from all around the world
as if I could live on words and dreams and a million screams
oh, how i need a hand in mine to feel
why are you so far away from me?
why are you so far away from me?
i need help and you're way across the sea
i could never touch you
i think it would be wrong
i've got your letter
you've got my song
i got your letter
you got my song

sexta-feira, agosto 24

anteontem fui na new disc do santos dumont.
eu tinha recebido um email dizendo que as
melhores paradas já tinham acabado e tals.
daí já fui meio sem esperanças de achar algo
bom, né? mas se eu não fosse com certeza
teria tudo de melhor e mais maravilhoso lá
(eu conheço minha sorte. melhor, meu azar).
qual não foi a minha surpresa ao encontrar
diversos cds bons e baratos e dos mais variados
estilos! recomendo a new disc a todos! vão, vão e
vão! sério. o cd mais caro que eu comprei lá
foi r$12,90. r$12,90!!! tem noção? hehe e foi
do supreme beings of leisure que eu vi na fnac
por uns r$27 ou algo assim.
bem, já falei um dos que eu comprei. comprei
também do stereolab, cat power, galaxie 500,
curve e pavement. não vou botar os nomes não.
não lembro de todos e tô com pregui de olhar.
ah, e esses outros aí r$9,90 cada!! yay! hehe
como eu ganhei dinheiro no meu aniversário eu
pude gastar bem. aliás, eu vou até voltar lá para
comprar um do guided by voices e um do luna,
que vem para cá em setembro! yay! e no free jazz
também vão ter muitas bandinhas fofitas! yay!
ok, that's one too many yays. hehe
yay!

tem uma garotinha gritando "tchau" aqui na rua.
alguém poderia dar tchau logo para ela, antes que
meu tímpano exploda com mais um grito de sua
vozinha estridente. tchau porra!!

sério, gente, cat power é muito foda. claro que eu
entendo as pessoas acharem meio chato, mas não
gostar?!?!? hehe

"music is the higher power, man!"
- graham coxon -

"yes, that is correct, sir!"
- ed macmahon -

domingo, agosto 19

bem, é certo que eu não vou para o reading.
tentei, insisti, mas não dá. porra, que merda.
eu fico revoltada que o mundo insiste em
conspirar contra mim. o que eu fiz? eu tento
ser uma pessoa boa, e acho que consigo,
mas eu nunca tenho o que eu quero. bem,
quase nunca. algumas coisas realmente
importantes, pelo menos.
a ironia de tudo isso é que o thiago vai, e
eu não. tipo, eu comentei com ele que vi
o line up e fiquei muito triste, de não poder
ir. daí ele mexe uns pauzinhos, insiste para
que eu vá também (me dando esperanças) e
simplesmente decide ir. incrível. e eu, que
descobri a sensacional escalação do festival
para esse ano, vou ficar em casa, com os
olhos inchados de tanto chorar. engraçado,
não?

eu tava até com raiva do thiago. uma reação
natural, óbvio. mas fiquei com medo de estar
sentindo inveja. mas acho que não, porque
já até desejei boa viagem para ele e ri de
alguns seriados depois que consegui parar
de chorar hoje.

parece um tanto ridículo, eu, uma marmanja
de 20 anos chorando por causa disso. e é.
mas eu não consegui evitar. quando meus
olhos começaram a encher d'água eu fiquei
com medo que alguém fosse me ver chorar
e tal, mas daí meu pai acabou logo de falar
o que ele estava falando (que eu nem sei, já
que estava me concentrando para não chorar
na frente dele) e eu pude sair correndo
escada acima. é estranho que eu me sinta à
vontade falando que eu chorei, e me sinta tão
mal com alguém me vendo chorar. mas,
anyways, foda-se. o que importa é que eu
tenho que parar de tentar coisas desse tipo.
eu quase sempre me deixo levar. fico
empolgada e depois não consigo nada.
tenho que parar de ser tão eu.

quinta-feira, agosto 16

comprei um cd do marion na berinjela por 13 pila
hoje. hehe
gancz comprou um do nickelback, sendo q ele
nem conhece ("mas parece ser grunge"). hehe
escutei agora q tem um site chamado chapamania
e q eh assim, vc acha um cara gatinho na rua, grava
a placa do carro dele e depois manda la nesse site
e vc pode mandar recado e tudo! a bela tem q saber
disso. quer dizer, finalmente aqueles milhoes d numeros
de placas podem servir p/ algo. hehe

quarta-feira, agosto 15

ontem eu estava saindo da faculdade
com o thiago (que deus o tenha hehe)
e passando pela quitanda tinha um carro
desses negócios de aniversário e festas
(tipo de homenagem e tals, sei lá) parado,
cheio de balões tocando "parabéns" da
xuxa muito, muito alto. qdo nós estávamos
passando para o outro lado da rua, o trânsito
estava começando a ficar confuso, já que o
carro estava parado ali naquela ruelinha e
uma kombi ou van, sei lá queria passar, e
nisso já chegou um outro carro (um vermelho)
atrás da van. daí eu achei engraçado e falei
pro thiago: "vamos ficar aqui um pouco, eu quero
ver o que vai acontecer". de repente a pessoa
p/ quem o parabéns era poderia descer de um
dos prédios e ficar puta e tal, seria divertido, né?
daí a gente ficou lá parados um pouco e o thiago
fala: "tipo, fica todo mundo (a rua já estava um
bafafá de tanta gente) olhando boquiaberto, mas
é só um carro com o som alto". hehe
nessa hora passou um cara pela gente e mais na
frente ele olhou p/ trás, tipo, ainda embasbacado
com um carro com o som alto! hehe
daí claro, a gente ficou imitando pessoas ficando
assustadas e/ou surpresas com aquilo. hehe

hoje o gancz me deu uma bronquinha de leve
por causa do "...depois q o pessoal da faculdade
foi embora (bem cedo, por sinal, mas foda-se,
porque na verdade eu nem gosto muito deles
mesmo hehe)" que eu escrevi domingo. gancz,
caso você não tenha reparado (ou tenha e esqueceu
depois de 2 minutos) tem um "hehe" depois do
comentário, mostrando que ele foi apenas uma
brincadeira!
tá bem, idiota? hehe (viu? brincadeira de novo)

no caminho de casa (dentro da van) eu fui beber
um gole de água e engasguei. quase morri de
tanto tossir e o motorista não falou nada do tipo
"vc está bem?" ou "o que houve?", nem mesmo
"porra!". e se eu tivesse morrido, hein, sr. motora?
o que o sr. iria fazer? daí não ia adiantar você
perguntar mais nada, não é mesmo? porque eu
já estaria morta! e você iria se sentir bem mal
por não ter feito absolutamente nada! eu deveria
ter morrido mesmo, p/ vc ver só o que é bom!

gente, cazé acabou d me mandar uma fota do
meu KIO! ele é lindo!!! assim que eu aprender a
botar figuras aqui eu boto ele p/ vcs verem! ai, ai.